Pular para o conteúdo principal

Quinto chakra – chakra Laríngeoximo


Nome: Vichuddha
Glândula endócrina: Tireóide e paratireóide
Cor: Azul
Corpo áurico: etérico padrão
Planeta: Saturno
Vitamina/mineral: K e iodo
Pedra Preciosa: obsidiana
Tom musical: Sol
Hormônio: Tiroxina
Símbolo: Lótus de dezesseis pétalas
Raio: Azul
Sentido: audição
Mantra: Ham (Criatividade) 




Localiza-se no centro da garganta.Aparece apresentado uma cor azul prateada, com uma leve tonalidade de verde. É o centro esotérico e orgânico correspondente á tireóide. É o chakra correspondente à palavra, à força criativa, centro da expressão humana. Transmite o intento do espírito. É o chakra da passagem. O caminho que as emoções contidas no coração necessitam atravessar para serem harmonizadas. O chakra da comunicação externa e o começo da comunicação interna (clauriaudiência). Quando ele está expandindo, o auto conhecimento è contínuo, pois a transformação constante pela qual passa o buscador, leva a expressão de seu poder e vontade. Trás a responsabilidade pelas necessidades pessoais. É a expressão do verbo criador “Eu Sou”. Relaciona-se com os sentidos do paladar, audição e olfato. É o portão para alta consciência, a purificação, o início do caminho espiritual. Centro psicológico da evolução da criatividade, responsabilidade, iniciativa e auto-disciplina. Psicologicamente os bloqueios se expressam no nível da criação, medo do sucesso ou do fracasso, ausência e concentração criativa, desperdício da energia criativa, auto-reprovação, frustração e auto-coação, medo do poder ou potencial criativo, manipulação ou mau uso da vontade criativa, ausência de fé, mágoa oculta ou reprimida, orgulho como forma de defesa, demagogia, gosto pela discussão, desejo de mudar o mundo. Fisicamente o desequilíbrio expressa como resposta imunológica reduzida, suscetibilidade a infecção virais ou bacterianas, resfriados, gripes, herpes, dores musculares ou de dor cabeça (nuca), congestão linfática, problemas dentários, endurecimento de maxilares (bruxismo), rouquidão, gagueira, problemas de crescimento, problemas com taxas de iodo e cálcio no sangue. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Práticas

O sexto chakra - Chakra Frontal – “Terceiro olho”

Nome: Ajna Meridianos: os do chakras umbilical – fígado, pulmão, vesícula biliar, intestino grosso. Glândula Endócrina: hipóse (pituitária) localizada na base do crânio. Hormônios: vários hormônios que regulam o crescimento e o mestabolismo, dentre eles a Vasopressina (anti-diurático), pituitária. Cor: Índigo Corpo Áurico: celestial Planeta: Urano Vitamina/mineral: Complexo B e magnésio Pedro Preciosa: água marinha Tom Musical: lá Símbolo: lótus de noventa e seis pétalas Raio: verde-cristal Sentido: todos e percepção extra-sensorial Mantra: Om (Compreensão) 
Localiza-se na região mediana da testa. Este é o chakra esotérico e orgânico, correspondente à glândula pituitária. É o responsável pelo redirecionamento das energias da força do desejo/atração pessoal (chakra do umbigo) para a oitava vibratória superior relacionada ao nível de liderança e administração carismáticas e responsáveis. Irradia as cores primária: amarelo, alternando com azul intenso, que em pessoas desenvolvidas em bordas viole…

ALGUMAS PESQUISAS COM TERAPIA REIKI

Servidores da área médica reconhecem que Reiki tem seu valor. Este é o motivo pelo qual o Reiki tem sido tem sido introduzido e utilizado em centenas de hospitais e clínicas em vários países. Médicos, enfermeiros e outros membros da área médica acreditam que Reiki é efetivo para reduzir os efeitos colaterais de radiações e drogas. Também acreditam que Reiki reduz e/ou elimina a necessidade de medicações para dor, reduz a ansiedade e stress, acelera o processo de cura diminuindo o tempo no hospital, ajuda a abrir o apetite e melhora o sono.
Por que os Hospitais Gostam de Reiki? Os hospitais estão passando por grandes mudanças. Eles experienciam a necessidade de reduzir seus custos e ao mesmo tempo aumentar os cuidados aos seus pacientes. Com o modelo antigo os hospitais baseado em altos custos com medicamentos e tecnologias, eles passaram a viver um problema. Isto não se aplica ao Reiki e a outras terapias complementares. Reiki não requer tecnologia e muitos de seus praticantes trabalha…