Pular para o conteúdo principal

Terceiro Chakra – Chakra do Plexo Solar


Nome: Manipura
Meridianos: rim, baço, bexiga, estomago
Glândulas endócrinas: pâncreas e baço
Cor: amarelo
Vitamina/mineral: a, sódio e silício
Pedra Preciosa: jade
Símbolo: lótus de dês pétalas
Raio: Violeta
Sentido: Visão
Elemento: fogo
Mantra: Ram (Poder) 







Localiza-se na área do peito. A importância desta chakra é que através dele podemos nos sentir em conexão com o mundo físico e com o etérico. É canal de passagem da energia emocional. É o lugar da personalidade e estão ali concentradas as qualidade da mente racional e pessoal, da vitalidade, da vontade de saber e aprender, da ação do poder, do desejo de viver, de comunicar e de participar. É o centro da percepção de quem você é neste Universo, promove a auto-aceitação. É a partir deste centro que harmonizamos o corpo dos desejos, desenvolvendo assim amor, sabedoria, poder, para a sabedoria consciente do que criamos. Se relaciona com nosso ego e por isso absorve muita energia dos dois primeiros chakras. Equilibra a segregação de insulina. Também equilibra as proteínas, as gorduras e o metabolismo de carboidratos efetivados pelo pâncreas. É o centro esotérico e orgânico correspondente ao pâncreas e ao baço. Comanda, o estômago, a musculatura abdominal, o fígado, a vesícula, as secreções gástricas desordenadas e as disfunções das glândulas salivares. Pode tornar-se à tomada de decisões, estresse mental ou excesso de trabalho, sobrecarga de informações, exposição e coerção verbal/mental. Psicologicamente, o desequilíbrio neste chakra se expressa como paranóia, apreensão, preocupação, ansiedade ou agitação mental, pensamentos obsessivos, lapsos de memória, negligência, falta de concentração, dúvida, incerteza, preconceito, rigidez, falsidade, egoísmo, sentimento de inferioridade, diminuição das capacidades mentais da lógica e razão, aumenta da pretensão do poder de controle, ambição, gasto compulsivo, ansiedade de status, inveja, separação entre amor e sexo. Fisicamente o desequilíbrio se expressa em desordens dos tratos digestivos e urinários, alergias, problemas de desequilíbrio na taxa glicêmica e problemas pancreáticos, insônia, sinusites, diabetes. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Práticas

O sexto chakra - Chakra Frontal – “Terceiro olho”

Nome: Ajna Meridianos: os do chakras umbilical – fígado, pulmão, vesícula biliar, intestino grosso. Glândula Endócrina: hipóse (pituitária) localizada na base do crânio. Hormônios: vários hormônios que regulam o crescimento e o mestabolismo, dentre eles a Vasopressina (anti-diurático), pituitária. Cor: Índigo Corpo Áurico: celestial Planeta: Urano Vitamina/mineral: Complexo B e magnésio Pedro Preciosa: água marinha Tom Musical: lá Símbolo: lótus de noventa e seis pétalas Raio: verde-cristal Sentido: todos e percepção extra-sensorial Mantra: Om (Compreensão) 
Localiza-se na região mediana da testa. Este é o chakra esotérico e orgânico, correspondente à glândula pituitária. É o responsável pelo redirecionamento das energias da força do desejo/atração pessoal (chakra do umbigo) para a oitava vibratória superior relacionada ao nível de liderança e administração carismáticas e responsáveis. Irradia as cores primária: amarelo, alternando com azul intenso, que em pessoas desenvolvidas em bordas viole…

ALGUMAS PESQUISAS COM TERAPIA REIKI

Servidores da área médica reconhecem que Reiki tem seu valor. Este é o motivo pelo qual o Reiki tem sido tem sido introduzido e utilizado em centenas de hospitais e clínicas em vários países. Médicos, enfermeiros e outros membros da área médica acreditam que Reiki é efetivo para reduzir os efeitos colaterais de radiações e drogas. Também acreditam que Reiki reduz e/ou elimina a necessidade de medicações para dor, reduz a ansiedade e stress, acelera o processo de cura diminuindo o tempo no hospital, ajuda a abrir o apetite e melhora o sono.
Por que os Hospitais Gostam de Reiki? Os hospitais estão passando por grandes mudanças. Eles experienciam a necessidade de reduzir seus custos e ao mesmo tempo aumentar os cuidados aos seus pacientes. Com o modelo antigo os hospitais baseado em altos custos com medicamentos e tecnologias, eles passaram a viver um problema. Isto não se aplica ao Reiki e a outras terapias complementares. Reiki não requer tecnologia e muitos de seus praticantes trabalha…